POSSE NO GOBAM DO NOVO GRÃO MESTRE ESTADUAL E NOVO ADJUNTO.

 

 

Dia 14/08/2021 (sábado) às 20h, no AMAZONAS, posse no GOBAM do irmãos Bruno Patrício de Azevedo Campos, Coronel da Polícia Militar, e o  irmãos Percival Guerreiro Correa, contador aposentado.
Bruno e Percival foram eleitos para uma gestão de dois anos. No GOBAM, as eleições são convocadas a cada quatro anos. Mas, por conta da pandemia, a potência maçônica realizou eleição suplementar, após o Grão-Mestre Mozandi Castro falecer de Covid-19 no início de 2021, e o Grão-Mestre Adjunto Jurimar Ipiranga renunciar por conta da doença.

SOLENIDADE DE POSSE do Grão-Mestre Estadual, Eminente Irmão BRUNO PATRÍCIO DE AZEVEDO CAMPOS, do Grão-Mestre Estadual Adjunto, Eminente Irmão PERCIVAL GUERREIRO CORREA e da Presidente Estadual da FRAFEM, Cunhada CARLA MARIA BARBOSA OLIVEIRA DE AZEVEDO do Grande Oriente do Brasil – Amazonas.

Estiveram presentes as autoridades maçônicas:- irmão Múcio Bonifácio Guimarães Grão Mestre Geral do Grande Oriente do Brasil, irmão Ademir Candido da Silva Grão Mestre Geral Adjunto do Grande Oriente do Brasil, Arquiariano Bites Leão Presidente da Soberana Assembleia Federal Legislativa (SAFL) do GOB, WANDERLEY SALGADO DE PAIVA  Presidente: (EM EXERCÍCIO) SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL MAÇÔNICO.

Clique aqui e veja mais fotos https://www.gob.org.br/solenidade-de-posse-no-grande-oriente-do-brasil-amazonas-fotos/ 

O  Grande  Oriente  do  Brasil – Amazonas,  de  sigla  GOBAM,  é  uma  instituição  federada  ao  Grande  Oriente  do  Brasil (GOB),  a  maior  potência  maçônica  das Américas,  com  sede  em  Brasília,  Distrito  Federal.  Um  Grande  Oriente  é  formado pela  união  de  três  ou  mais  Loja  Maçônicas  de  Ritos  diferentes  enquanto  as  Grande  Lojas  é  composta  somente  por  um Rito. No  Brasil,  existem  26  Grandes  Orientes  Estaduais,  incluindo  o  Grande  Oriente  do  Estado  do  Amazonas,  que  foi refundado em 2 de abril de 1979 por várias lojas maçônicas de Manaus. A  maçonaria  é  uma  sociedade  de  carácter  universal,  cujos  membros  cultivam  os  princípios  da  liberdade,  igualdade  e fraternidade  e  o  aperfeiçoamento  intelectual,  sendo  assim  uma  associação  iniciática  e  filosófica.  Os  maçons  estruturam-se  e  reúnem-se  em  células  autônomas,  designadas  por  Lojas,  “todas  iguais  em  direitos  e  honras,  e  independentes  entre si.” O  Grande  Oriente  do  Brasil  (GOB)  é  a  mais  antiga  Potência  Maçônica  brasileira.  O  GOB  participou  ativamente  em momentos cruciais da história brasileira, como a abolição da escravatura e a Proclamação da República.

História
O  antigo  Grande  Oriente  do  Brasil Amazonas,  fundado  em  1904,  declarou  independência  do  GOB  em  1927,  com  adesão  de todas  as  Lojas  do  Amazonas  e  Acre, exceto  a  Loja  de  Cruzeiro  do  Sul  –  AC,  passando  a  denominar-se  Grande Oriente do Amazonas e Acre. Somente  em  1961  o  Grande  Oriente  do Amazonas  e Acre  transformar-se-ia  em  GLOMAM  –  Grande  Loja  do  Estado  do Amazonas, Acre, Guaporé e Rio Branco. Após  sete  anos  de  independência  do  Grande  Oriente  do  Amazonas  e  Acre,  o  Grande  Oriente  do  Brasil (GOB)  voltou  a ressurgir,  no  Estado  do Amazonas,  através  da  fundação  da  Loja  Unificação  Maçônica,  no  dia  15  de  novembro  de  1934, que  durante  um  largo  período  foi  a  única  a  arvorar  a  sua  bandeira,  em  toda  a  extensão  do  nosso  território.  Dela,  surgiu, em  1945,  a  Loja  Vitória  das  Nações  Unidas,  origem  das  atuais  Lojas  Vitória  das  Nações  Unidas,  do  Rito Adonhiramita,  e Oriente Unido, do Rito Escocês Antigo e Aceito. A  24  de  Junho  de  1978,  na  posse  do  Grão-Mestre  Geral  Osires  Teixeira,  presentes  os  delegados  estaduais,  foram definidas  duas  metas  básicas:  a  transferência  do  Poder  Central,  para  Brasília,  e  a  criação  de  Orientes  Estaduais,  o  que seria confirmado por expediente de 18 de julho, informando a possibilidade de eleições. Embora  na  Carta  Constitutiva  do  Grande  Oriente  da  Amazônia  Ocidental  conste  o  dia  04  de  março  de  1979,  como  a data  de  sua  fundação,  ele  só  passou  a  existir  formalmente  com  o  Decreto  Nr  2633,  de  30  de  março  de  1979,  do  Grão-Mestre  Geral  Osires  Teixeira,  deferindo  a  criação  daquele  Grande  Oriente,  compreendendo  as  Lojas  do  Estado  do Amazonas  e  dos  Territórios  Federais  de

Rondônia  e  Roraima,  com  sede  em  Manaus,  não  incluindo  o  Acre,  que permaneceria como delegacia, até aos tempos atuais. O  crescimento  do GOB,  na  região,  ensejou  a  criação  do  Grande  Oriente  de  Rondônia (GOER),  fundado  a  18  de dezembro de 1981 e a criação do Grande Oriente de Roraima(GOERR), fundado em 24 de maio de 1999.

Fonte:- GOBAM

(A:FC/R:FC)
Ao retransmitir esta mensagem favor não retirar os créditos Assessoria de Comunicação da www.redecolmeia.com.br

fernando

Fernando Colacioppo (Coordenador da Rede Colmeia) http://redecolmeia.com.br/2019/04/11/fernando-tullio-colacioppo-sobrinho/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.