JÂNIO QUADROS EM LOJA MAÇÔNICA – OBREIRO DA LOJA LIBERTAS.

16 de fevereiro de 1992 – Faleceu o ex-presidente da República Ir.’. Jânio Quadros, que ficara famoso por ter renunciado ao mandato 6 meses após sua posse, em 1961.

JÂNIO QUADROS EM LOJA MAÇÔNICA – na foto tirada em 4 de novembro de 1948 com obreiros da Loja Libertas, Jânio foi iniciado em 7/8/1946 e elevado em 23/10/1946; E em destaque, Jânio da Silva Quadros, que na época era Vereador do Município de São Paulo; 

Jânio da Silva Quadros (* Campo Grande, 25 de janeiro de 1917 — + São Paulo, 16 de fevereiro de 1992) foi um advogado, professor e político brasileiro. Foi prefeito e governador de São Paulo nos anos 1950. Em seguida, foi o vigésimo segundo presidente do Brasil, entre 31 de janeiro de 1961 e 25 de agosto de 1961, data em que renunciou.

Em 1985, elegeu-se novamente prefeito de São Paulo, tomando posse em 1 de janeiro de 1986, tendo sido este o seu último mandato eletivo.[1]


Jânio Quadros utilizou-se da imagem de combate à corrupção durante toda a sua carreira política, tendo a vassoura como símbolo. Porém, no final da sua vida, enfrentou acusações de corrupção.

Escute o jingle da campanha.

Varre, varre, varre vassourinha!

Varre, varre a bandalheira!

Que o povo já ‘tá cansado

De sofrer dessa maneira

Jânio Quadros é a esperança desse povo abandonado!

Jânio Quadros é a certeza de um Brasilmoralizado!

Alerta, meu irmão!

Vassoura, conterrâneo!

Vamos vencer com Jânio!

(A:FC/R:FC)
Ao retransmitir esta mensagem favor não retirar os créditos Assessoria de Comunicação da www.redecolmeia.com.br

fernando

Fernando Colacioppo (Coordenador da Rede Colmeia) http://redecolmeia.com.br/2019/04/11/fernando-tullio-colacioppo-sobrinho/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.