COMEMORAÇÃO DOS 93 ANOS DE UMA HISTÓRIA REPLETA DE DOAÇÃO E GRANDES CONQUISTAS

No dia 02 de julho de 2020, quinta feira, a GLESP comemorou este ano 93 anos de uma história com grandes conquistas, trabalho e dedicação de muitos homens movidos pela vontade de fazer a diferença, pela certeza de estar construindo uma ordem que muito colabora e edifica nossa sociedade.

É momento de comemorar todo este crescimento ao longo destes 93 anos e agradecer imensamente todos os obreiros que edificaram a nossa Ordem, ultrapassando obstáculos e muitas dificuldades, mas que nunca se deixaram abater e hoje podemos afirmar que os quase 24.000 irmãos formam uma família coesa e destemida frente a todos os desafios destes novos tempos.

Muito foi realizado ao longo de nossa jornada e estamos preparados para continuar erguendo e fortalecendo nossa Ordem dentro da maçonaria mundial, porque sabemos que estamos no caminho certo, rumo aos nossos 100 anos de existência.

Sigamos irmãos, firmes e conscientes de nosso papel de construtores sociais e o nosso objetivo de tornar a humanidade mais feliz sempre será a nossa bandeira.

Que o GADU nos guie e ilumine como o têm feito ao longo desses 93 anos.

GLESP uma trajetória que representa a luta pela liberdade, igualdade e fraternidade.

Sereníssimo Grão Mestre João Jose Xavier
2019/2022

A História da Glesp

Desde os primórdios, a Maçonaria brasileira teve participação ativa em importantes capítulos da história nacional, como no processo de Independência, na Abolição da Escravatura e na Proclamação da República. Mantendo essa tradição a Glesp teceu em sua trajetória, estreitas relações com fatos e acontecimentos que marcaram o País. Ao longo de sua existência, a instituição e seus membros tanto exerceram influência sobre fatos e movimentos históricos, quanto sofreram as suas consequências.

Sede definitiva

O Palácio Maçônico ficou pronto em janeiro de 1960, e a Glesp mudou para a nova  sede, agora definitiva – a nona desde a da Rua Tabatinguera. No dia 21 de abril de 1961, o Palácio Maçônico que mais tarde viria a ter o nome do seu idealizador, foi inaugurado oficialmente. Em 1962, foi eleito Grão-Mestre o Irmão Washington Pelúcio, que se empenhou em saldar as dívidas geradas pela construção da nova sede da Glesp e em desenvolver um modelo de administração adequado às exigências do novo espaço. O Irmão Pelúcio foi reeleito em junho de 1965, mantendo-se na direção da Glesp até 1968.

Fonte: Site GLESP (clique aqui para ler na integra)

(A: FC | R: CRS) Ao retransmitir esta mensagem favor não retirar os créditos Assessoria de Comunicação da www.redecolmeia.com.br

 
 
 
 
 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.