GOB-BA, o Grande Oriente do Brasil, fez reunião Virtual em Comemoração ao Aniversário de 56 Anos de Fundação do GOB na Bahia.

Dia 02 de julho de 2020, quinta feria às 19:30h GOB-BA, o Grande Oriente do Brasil, realiza reunião Virtual em Comemoração ao Aniversário de 56 Anos de Fundação do GOB na Bahia.

A Bahia é um estado do nordeste brasileiro com paisagens que variam da costa tropical até a aridez do Sertão. A capital, Salvador, é conhecida por seu centro histórico, o Pelourinho, com uma rica arquitetura colonial do século XVII e assentado sobre a Baía de Todos-os-Santos. O Carnaval da cidade reúne foliões fantasiados que dançam ao som do samba e do axé em uma enorme festa de rua. Área: 567.295 km², População: 15,13 milhões (2014), Governador: Rui Costa, Capital: Salvador, Pontos de interesse: Parque Nacional da Chapada Diamantina.

Estiveram presentes as autoridades maçônicas irmão Grão-Mestre Geral, Soberano Irmão Múcio Bonifácio Guimarães, Presidente Nacional da FRAFEM, Cunhada Jussane Guimarães,  Grão-Mestre Estadual, Eminente Irmão Luciano Sepúlveda, Presidente Estadual da FRAFEM, Cunhada Suzana Figueiredo, vários Grãos Mestres Estaduais do Grande Oriente do Brasil, vários Secretários Gerais do Grande Oriente do Brasil, vários Secretários Estaduais GOB-BA, entre outras autoridades, deputados federais, deputados estaduais, mestres instalados, mestres, companheiros e aprendizes.

HISTÓRIA DO GOB-BA

A Bahia foi o berço da Maçonaria no Brasil

Assim como foi o berço do descobrimento de nossa Pátria amada. A história do Grande Oriente Estadual da Bahia é uma historia de entusiasmo, de estoicismo de humildade, de amor e de tantas outras virtudes, assim como o Brasil, que lutou para transpor as barreiras e se tornar Grande e respeitado, isso só nos honra e nos enche de orgulho. Nenhum patrimônio é tão rico e nenhuma lição é tão bela, quanto a herança que recebemos dos que nos antecederam. Se algum Irmão quiser ser digno de si mesmo, há que ser antes digno dessa herança!

Já no início do Século XX, estabelecidas as normas constitucionais Maçônicas para a criação e instalação dos Grandes Orientes Estaduais, era de se esperar e, até imperativo que a Bahia, tendo sido a primogênita das atividades Maçônicas do Brasil, fosse também um dos primeiros Estados a ter sua Unidade Federativa junto ao Grande Oriente do Brasil.

Já que algumas crônicas e artigos de pesquisadores dão conta de que a primeira Loja Maçônica da Bahia e do Brasil foi a “Cavaleiros da Luz”, fundada em 1797, numa fragata Francesa que se achava ancorada na povoação da Barra em Salvador, em 1802, foi fundada a loja ‘Virtude e Razão”, dando origem em 1813 à Loja “União” e Loja “Humanidade”.

Quando o marechal Deodoro renunciou ao Grão-Mestrado, a 18 de dezembro de 1891, foi substituído pelo Adjunto, ministro Antônio Joaquim de Macedo Soares. E, durante o período de interinidade deste, era promulgada a Constituição de 1892, a qual, entre outras coisas, previa a criação de Grandes Lojas estaduais federadas ao GOB (Grande Oriente do Brasil).

A Bahia é uma das 27 unidades federativas do Brasil.

Fonte: https://gob-bahia.com.br/institucional/

(A: FC | R: CRS) Ao retransmitir esta mensagem favor não retirar os créditos Assessoria de Comunicação da www.redecolmeia.com.br

 
 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.