Dia da Ordem DeMolay, Lei nº 12.905, de 08/04/2008 – Deputado Bruno Covas

A Ordem DeMolay é uma sociedade discreta criada por Frank Sherman Land a partir princípios filosóficos, fraternais, iniciáticos e filantrópicos, para jovens do sexo masculino com idade compreendida entre os 12 e os 21 anos incompletos. É uma organização para-maçônica fundada nos Estados Unidos, em 18 de Março de 1919, pelo maçom Frank Sherman Land patrocinada e mantida pela Maçonaria[carece de fontes], oficialmente desde 1919, que na maioria dos casos cede espaço para as reuniões dos Capítulos DeMolays e Priorados ou conventos da Ordem da Cavalaria – denominações das células da organização.

A Ordem é inspirada na vida e morte do nobre francês Jacques DeMolay, 23º e último Grão-Mestre da Ordem dos Templários, morto em 18 de março de 1314 junto a 3 de seus preceptores por contestar as falsas acusações de prática de diversas heresias como infidelidade à Igreja, sodomia, adoração de ídolos etc. Pode-se acreditar que o motivo de tais acusações fosse a ambição do Rei Filipe IV, o Belo e o Papa Clemente V, pelas posses da Ordem dos Templários, pois em caso de prisão, os bens do acusado passariam a pertencer ao Estado francês.

A Ordem DeMolay possui cerca de 4 milhões de membros em todo o mundo[2] e mais de 200 mil no Brasil. O DeMolay que completa 21 anos de idade, é denominado Sênior DeMolay, perde seu direito a voto e o de ocupar cargos efetivo e passa a poder acompanhar os trabalhos do Capítulo através da “Associação DeMolay Alumni”. No Brasil, a Ordem é distribuída em mais de setecentos e noventa capítulos, sendo que os milhares de DeMolays regulares de todos os Estados da federação se reúnem freqüentemente.

No mundo, a Ordem DeMolay pode ser encontrada em vários países, estando presente na Argentina, Aruba, Países Baixos, Alemanha, Austrália, Bolívia, Brasil, Canadá, Colômbia, Estados Unidos, Filipinas, França, Guam, Itália, Japão, México, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai.

Ordem DeMolay no Mundo

No dia 8 de abril de 2008, o Estado de São Paulo estabeleceu o Dia do DeMolay, através da Lei Estadual nº 12.905, a ser comemorado anualmente no dia 24 de março (um fato que deve ser levado em consideração é que embora a Ordem DeMolay tenha sido criada no dia 18 de março de 1919, a sua comemoração é feita seis [06] dias depois, a fim de que a data possa coincidir com o martírio de Jacques de Molay). Em 19 de janeiro de 2010, foi promulgada a Lei Federal nº 12.208 que insituiu o dia 24 de março como o Dia Nacional do DeMolay, seguindo o exemplo paulista, sendo que a escolha da data marca o falecimento de Jacques de Molay, herói e mártir que inspirou o nome da Ordem.

Foram criadas, no Calendário Cívico do Estado de São Paulo, os Dias das Paramaçônicas, cada qual comemorada conforme sua criação. O processo legislativo teve início o nosso Irmão, Deputado Bruno Covas, que fizesse Projeto de Lei, em apoio ao trabalho desenvolvido pelas Paramaçônicas. Daí foram criadas as Leis que instituíram o Dia da Ordem DeMolay, Dia das Filhas de Jó, Dia da Ordem da Estrela do Oriente e o Dia das Meninas do Arco Íris. Posteriormente, atendendo ao meu pedido, o Deputado Fernando Capez criou o Dia da Fraternidade Cruzeiro do Sul. Seguem as Leis: – Dia da Ordem DeMolay, Lei nº 12.905, de 08/04/2008 – Deputado Bruno Covas – Dia da Ordem das Filhas de Jó, Lei nº 13.838, de 01/12/2009 – Deputado Bruno Covas – Dia das Estrelas do Oriente, Lei nº 14.153, de 24/06/2010 – Deputado Bruno Covas – Dia das Meninas do Arco Íris, Lei nº 14.499, de 21/07/2011- Deputado Bruno Covas – Dia da Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul, Lei nº 15.526, de 21/07/2014 – Deputado Fernando Capez

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate
Share this product!
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.