Reunião Virtual da Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul,  completa 53 anos.

Dia 09 de outubro de 2020, sexta-feira às 20:00 horas, foi realizada a Reunião virtual da Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul, Sessão virtual em Homenagens aos 53 anos da FRAFEM.

Com transmissão ao Vivo pela TV-GOB, Facebook: https://www.facebook.com/portalgob, YouTube: https://www.youtube.com/marketinggob com retransmissão ao vivo no face da Rede Colmeia https://www.facebook.com/redecolmeia.maconaria ,

Estiveram presentes as autoridades maçônicas: Soberano Múcio Bonifácio Guimarães (Grão Mestre Geral do Grande Oriente do Brasil), Sapientíssimo Ademir Cândido da Silva (Grão Mestre Geral Adjunto do Grande Oriente do Brasil), Sapientíssimo Dorival Lourenço da Cunha (Presidente do Supremo Tribunal Federal Maçônico do GOB), Jussane Guimarães Presidente da FRAFEM Cruzeiro do Sul, Grão-Mestres Estaduais do Grande Oriente do Brasil, Guilherme Santos Secretário Geral de Paramaçonica do Grande Oriente do Brasil, Secretários Gerais do Grande Oriente do Brasil, Laelso Rodrigues Grão Mestre Geral de honra do Grande Oriente do Brasil, Secretários Estaduais do GOB, entre outras autoridades.

Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul

Muitas pessoas se perguntam sobre a participação das mulheres na maçonaria. Apesar de não muito divulgada em todas as lojas, as mulheres também podem integrar as atividades da entidade.  Assim como existe a inscrição dos homens para a Loja Maçônica, as mulheres podem participar da fraternidade feminina. Sempre vinculada a uma loja, a fraternidade, no entanto, possui ações e estatuto próprio e pode receber diversas mulheres para a sua contribuição.

A fraternidade feminina preza pela vinculação de mulheres dedicadas e alinhadas aos valores da maçonaria. Para entrar na associação, no entanto, é preciso passar por um processo seletivo de seus membros. Nessa postagem, saberemos mais sobre a fraternidade feminina e sobre como ingressar em uma delas para auxiliar e participar das atividades maçônicas.

O que é a Fraternidade Feminina?

A organização que instituiu a Fraternidade Feminina surgiu como um Item da Constituição do Grande Oriente do Brasil. A entidade também está registrada pelas leis Nº 030 de 1996 e Nº 0081 de 2005. A fraternidade feminina é uma associação paramaçônica, que possui caráter independente, tendo seu estatuto e ideário próprios. No entanto, a organização deve estar associada a uma Loja Maçônica da Federação.

Como participar da Fraternidade Feminina?

Para participar da Fraternidade Feminina é necessário receber o convite de algum membro da associação. Normalmente, as esposas e demais familiares de algum maçom possuem mais chances de ser convidadas a participarem da fraternidade. Ainda assim, amigas e demais mulheres próximas dos maçons e da loja também podem vir a participar da fraternidade feminina.

Além da familiaridade com os membros da maçonaria, a mulher que deseja integrar a fraternidade feminina deve estar de acordo com os valores pregados pela entidade mediante o estatuto estabelecido. A fraternidade feminina valoriza os princípios básicos da sociedade, como a família e o trabalho, e, também, a participação das mulheres nas atividades da comunidade.

Uma vez participantes, devem estar atuantes nas atividades estabelecidas pela associação e de acordo com o estatuto da fraternidade. Apesar de cada loja maçônica ter suas atividades, os princípios das fraternidades costumam ser compartilhados e são trabalhados nas ações da entidade. Assim como na loja maçônica, a Fraternidade Feminina também possui entidades a nível nacional, estadual, regional e local.

Quais são os princípios da Fraternidade Feminina?

Cada fraternidade pode estabelecer suas linhas de ação, porém a maior parte delas está baseada em valores de estímulo à família, ao patriotismo e à honestidade, por meio do cumprimento das leis soberanas. A associação também prega pela valorização do trabalho como forma de dignificar o homem e a liberdade de expressão, baseada na tolerância aos ideais alheios.

Como fraternidade feminina, também faz parte dos princípios defendidos pela associação a defesa dos direitos das mulheres na sociedade.

Qual é a composição da Fraternidade Feminina?

A Fraternidade Feminina local é composta por estruturas semelhantes à da Loja Maçônica. Toda Fraternidade feminina possui uma diretoria executiva,  formada por presidente, vice-presidente, secretária, tesoureira e diretoras. A associação também deve contar com um conselho fiscal, um conselho consultivo e a assembleia geral.

 

(A: FC | R: CRS) Ao retransmitir esta mensagem favor não retirar os créditos Assessoria de Comunicação da www.redecolmeia.com.br

 
 
 

fernando

Ir.'. Fernando Colacioppo (Coordenador da Rede Colmeia) http://redecolmeia.com.br/2019/04/11/fernando-tullio-colacioppo-sobrinho/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.