Dia do Maçom | 20 DE AGOSTO

Dia 20 de Agosto aqui no Brasil porque a independência do Brasil que foi dia 7 de Setembro, mas foi decidida na Loja “Comercio e Artes” depois do discurso do Joaquim Gonçalves Ledo.

Somos os Obreiros da Paz,
Os Artífices do Bem,
E em nome do G.·. A.·. D.·. U.·., que é Deus,
Todas as semanas aqui nos reunimos
Erguendo templos à virtude
Cavando masmorras ao vício.
Somos os Irmãos trajados de preto
que, em nome da Ciência e do Progresso,
Todas as semanas aqui nos reunimos
Promovendo o bem-estar da humanidade
Somos os Aprendizes da Arte Real
Os discípulos da Verdade
Que, em nome da Caridade e da Fraternidade,
Aqui nos reunimos sempre…
Para combater o Mal, a Injustiça, a Tirania,
A Ignorância, a Superstição e os Dogmas.
E assim o fazendo
Voltamos aos nossos lares
Imbuídos de renovados ideais
E com renovadas esperanças…
Procurando dar sempre o melhor de si
E encontrar sempre o melhor nos outros…
Pois, para nós,
O mundo só será Justo e Perfeito
Quando houver a Paz, a Harmonia e a Concórdia
Quando triunfarem a Liberdade, a Igualdade e a Fraternidade.

==============

A escolha da data foi em Belém num conclave das Sereníssimas Grande Lojas mas o MOTIVO da escolha da data foi o Discurso do Ledo e que muitos dizem ser dia 20 de Agosto e não 7 de Setembro o dia da independência do Brasil.

Independência do Brasil é como é chamada a separação política entre a colônia do Brasil e a metrópole portuguesa, declarada oficialmente no dia 7 de setembro de 1822. O processo de independência começa com o agravamento da crise do sistema colonial e se estende até a adoção da primeira Constituição brasileira, em 1824.

Discurso Proferido por Joaquim Gonçalves Ledo na Loja Maçônica “Comércio e Artes” no Rio de Janeiro, em 20 de agosto de 1822 Joaquim Gonçalves Ledo foi um dos maiores autores da Independência, se não o maior.

A peça de arquitetura que a seguir transcrevemos do Boletim do GOB (julho/agosto, de 1963), é dirigida ao hesitante Príncipe D. Pedro e entre seus arrojados conceitos lá esta a antecipação da Doutrina de Monroe.

Veja no link:
http://redecolmeia.wordpress.com/2006/12/03/deixe-sua-mensagem/#comment-14

Dia 20 de Agosto é o “Dia do Maçom” feriado maçônico, não pode ter sessão maçônica.

CONSTITUIÇÃO DO GRANDE ORIENTE DO BRASIL

Capítulo V – DAS PROIBIÇÕES À LOJA

Art. 25. A Loja não poderá: II realizar sessões ordinárias, salvo as de pompas fúnebres, nos feriados maçônicos e períodos de férias maçônicas.

Título VIII – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS –

Capítulo I – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 134. São oficialmente considerados feriados maçônicos o dia dezessete de junho, como o Dia Nacional do Grande Oriente do Brasil, e o dia vinte de agosto, como Dia do Maçom.

 

(A: FC | R: CRS) Ao retransmitir esta mensagem favor não retirar os créditos Assessoria de Comunicação da www.redecolmeia.com.br

 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.